Fogo no Clima

Fogo no clima

29. Fogo no clima    2011, 60 p., livreto

Esse livreto destinado à faixa do Ensino Fundamental II (ou a comunidades), em formato de historinha em tiras, foi produzido para subsidiar o processo de prevenção desenvolvido pelo Centro Nacional de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais do IBAMA, por meio de ações do Núcleo de Comunicação e Educação Ambiental – NCEA coordenado pelo Prof. Genebaldo. O livreto é utilizado em vários Estados do País e pode ser reproduzido mediante solicitação expressa ao Prevfogo-IBAMA, em Brasília.

Desenhos primais de Ilnar Moreira Gomes. Já está na 2ª. Edição.

Apresentação (original)

A mudança climática representa o maior desafio já enfrentado pela humanidade. Os seus efeitos já são sentidos por todos e constitui um risco global, pois afeta a segurança climática, hídrica e alimentar; e aumenta a vulnerabilidade social.

Chuvas em excesso causam deslizamentos de terra, soterramento de casas, destruição de estradas, perdas de safras e de vidas humanas.

As secas prolongadas afetam a vida de todos causando prejuízos na produção de alimentos, incêndios florestais e morte.

Para enfrentar esse desafio é necessário um conjunto de respostas adaptativas imediatas, somente possíveis por meio de cooperação entre diversos setores da sociedade humana.

Há um grande esforço internacional para a redução das emissões dos gases de efeito estufa. O objetivo é promover a melhoria de desempenho e a redução de consumo de combustíveis fósseis, o uso de formas complementares de produção de energia, o combate ao desperdício, ao desmatamento e às queimadas e aos incêndios florestais, entre outros.

No Brasil, como em muitas outras partes do mundo, o fogo na vegetação contribui fortemente para o agravamento da mudança climática e representa um grave problema cuja solução requer a participação de todos.

A atuação sistêmica do Prevfogo-Ibama no combate e prevenção de incêndios florestais promove a proteção dos sistemas que asseguram a vida na Terra, e soma-se, de forma efetiva, às estratégias nacionais (Política Nacional de Mudança Climática) e internacionais de mitigação e adaptação às mudanças climáticas globais.

Afinal, cada hectare de queimada e de incêndio florestal evitado é uma contribuição concreta à redução das emissões dos gases de efeito estufa.

Este material didático integra os esforços do Prevfogo-Ibama em promover o processo de educação ambiental necessário para estimular a percepção e provocar mudanças de hábitos, atitudes e decisões em prol do desenvolvimento de sociedades sustentáveis.

Genebaldo Freire Dias

Observações

  1. O livreto “Fogo no Clima” destina-se, inicialmente, ao público juvenil. Mas, foi concebido de forma a atender públicos fora dessa faixa;
  2. Os seus desenhos são primais, justamente para promover a idéia da simplicidade e criações próprias;
  3. O texto narra situações que se encontram nas atuais realidades sociais, econômicas, ecológicas, políticas, culturais e éticas;
  4. Aborda-se a questão das contribuições das queimadas e incêndios florestais ao agravamento dos cenários da mudança climática (risco ambiental global, segurança climática, hídrica e alimentar, saúde e vulnerabilidade social);
  5. Traz o tema da mudança climática para o cotidiano, exemplificando suas múltiplas interrelações
  6. Os personagens compõem elementos representativos das comunidades, envolvidos na temática dos incêndios florestais (agricultores, bombeiros, defesa civil, brigadistas do Prevfogo-Ibama, voluntários, médicos, catadores, professores e outros);
  7. Traz elementos lúdicos em seu corpo narrativo, complementados por jogos e outros recursos recreacionais temáticos, e um questionário;

Busca-se estimular

  • a percepção sistêmica das conectividades entre diferentes fatores naturais e criados pelo ser humano;
  • o desenvolvimento da apreciação crítica e auto-crítica sobre a temática sócio-ambiental e em especial sobre os incêndios florestais e suas causas, conseqüências e alternativas de soluções;
  • a participação efetiva nas múltiplas formas de intervenção visando a melhoria da qualidade de vida e a preservação ambiental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima